Doppler Fetal Portátil FD-200A MD

Os detectores fetais MD® da linha FD-200 são compactos e cabem facilmente no bolso.

A tecnologia integrada de alta sensibilidade permite uma rápida identificação do batimento cardíaco fetal desde as primeiras semanas até o final da gravidez.

  • Transdutor de alta sensibilidade
  • Compacto, leve e fácil operação
  • Alto-falante de alta performance
  • Design ergonômico e compartimento para transdutor
  • Entrada para fone de ouvido ou gravador de som ou computador
  • Botão liga/desliga e controle de volume
  • Alimentação através de pilhas alcalinas
  • Certificado pelo INMETRO

Detector Fetal DF 7001 N

O Monitor Doppler portátil foi desenvolvido com o que existe de mais atual e moderno no mercado. Sua utilização é recomendada para detectar os batimentos cardíacos fetais entre a 10ª e 12ª semana de gestação, possibilitando a avaliação do ritmo cardíaco fetal durante a gravidez.

Esse método de diagnóstico permite detectar gravidez prematura e pode ser utilizado para verificar se existe vida fetal durante ameaça de aborto. Ainda é possível detectar gravidez múltipla entre a 10ª e 12ª semana. Posteriormente entre a 24ª e 26ª semana de gravidez, o som distinto e claro da placenta ajuda sua localização e facilita o diagnóstico da placenta prévia. O fluxo do cordão umbilical também pode ser ouvido nesse estágio. O Monitor Doppler possui som de excelência, sem ruídos ou interferências e alta sensibilidade na detecção do sinal, além de três modos de funcionamento: Modo 1: Permite ao usuário visualizar os batimentos em tempo real após a detecção do quinto batimento. Modo 2: Calcula e mostra a média dos últimos dez batimentos cardíaco fetal. Modo 3: Permite através da interface, iniciar e parar manualmente a detecção dos batimentos cardíaco fetal. Transdutor desconectável para facilitar a substituição, com tecnologia micro processada que dispensa a calibração do equipamento após a sua troca. Produto projetado em conformidade com as normas: ABNT NBR IEC 60601-1:2010 + Emenda 1:2016 / ABNT NBR IEC 60601-1-2:2010 / ABNT NBR IEC 60601-1- 6:2011 / ABNT NBR IEC 60601-1-9:2010 + Emenda 1:2014 / IEC 61000-4-2:2008 / IEC 61000-4-3:2010 / IEC 61000-4-8:2009 / CISPR 11:2009 / ABNT NBR IEC 60601-2-37:2016

Detector Fetal DF 7001 D

O Monitor Doppler portátil foi desenvolvido com o que existe de mais atual e moderno no mercado. Sua utilização é recomendada para detectar os batimentos cardíacos fetais entre a 10ª e 12ª semana de gestação, possibilitando a avaliação do ritmo cardíaco fetal durante a gravidez.

Esse método de diagnóstico permite detectar gravidez prematura e pode ser utilizado para verificar se existe vida fetal durante ameaça de aborto. Ainda é possível detectar gravidez múltipla entre a 10ª e 12ª semana. Posteriormente entre a 24ª e 26ª semana de gravidez, o som distinto e claro da placenta ajuda sua localização e facilita o diagnóstico da placenta prévia. O fluxo do cordão umbilical também pode ser ouvido nesse estágio. O Monitor Doppler possui som de excelência, sem ruídos ou interferências e alta sensibilidade na detecção do sinal, além de três modos de funcionamento: Modo 1: Permite ao usuário visualizar os batimentos em tempo real após a detecção do quinto batimento. Modo 2: Calcula e mostra a média dos últimos dez batimentos cardíaco fetal. Modo 3: Permite através da interface, iniciar e parar manualmente a detecção dos batimentos cardíaco fetal. Transdutor desconectável para facilitar a substituição, com tecnologia micro processada que dispensa a calibração do equipamento após a sua troca. Produto projetado em conformidade com as normas: ABNT NBR IEC 60601-1:2010 + Emenda 1:2016 / ABNT NBR IEC 60601-1-2:2010 / ABNT NBR IEC 60601-1- 6:2011 / ABNT NBR IEC 60601-1-9:2010 + Emenda 1:2014 / IEC 61000-4-2:2008 / IEC 61000-4-3:2010 / IEC 61000-4-8:2009 / CISPR 11:2009 / ABNT NBR IEC 60601-2-37:2016.

Detector Fetal DF 7000 S

Os Detectores Fetais são utilizados para captar movimentos no interior do corpo humano por meio do sistema DOPPLER. Permite a detecção do coração do feto e o diagnóstico da gravidez múltipla entre a 10ª e 12ª semana de gestação, possibilitando a avaliação do ritmo cardíaco fetal durante a gravidez e pré-parto. Posteriormente por volta da 24ª à 26ª semana de gravidez, o som distinto e claro da placenta ajuda sua localização e facilita o diagnóstico da placenta prévia. O fluxo do cordão umbilical, também pode ser ouvido nesse estágio. São aferidos para uma excelente sensibilidade e um menor nível de ruídos, obtendo assim ótimos resultados na obstetrícia. Gabinete e transdutor em material ABS de alto impacto que evita a oxidação e deterioração ao longo do tempo. /suporte lateral para transdutor facilitando seu armazenamento e transporte. Desligamento automático após 1 minuto sem uso, controle de volume e tonalidade. Ao desligar o equipamento a ultima configuração de volume e tonalidade ficam armazenados na memória.

Detector Fetal DF 7000 D

A linha de Monitores Doppler DF 7000 se trata de equipamentos de alta sensibilidade, desenvolvida com o que existe de mais atual no mercado

Os Detectores Fetais são utilizados para captar movimentos no interior do corpo humano por meio do sistema DOPPLER.  Permite a detecção do coração do feto e o diagnóstico da gravidez múltipla entre a 10ª e 12ª semana de gestação, possibilitando a avaliação do ritmo cardíaco fetal durante a gravidez e pré-parto. Posteriormente por volta da 24ª à 26ª semana de gravidez, o som distinto e claro da placenta ajuda sua localização e facilita o diagnóstico da placenta prévia. O fluxo do cordão umbilical, também pode ser ouvido nesse estágio. São aferidos para uma excelente sensibilidade e um menor nível de ruídos, obtendo assim ótimos resultados na obstetrícia. Gabinete e transdutor em material ABS de alto impacto que evita a oxidação e deterioração ao longo do tempo. /suporte lateral para transdutor facilitando seu armazenamento e transporte. Desligamento automático após 1 minuto sem uso, controle de volume e tonalidade. Ao desligar o equipamento a ultima configuração de volume e tonalidade ficam armazenados na memória.